Notícias

"Musiquence"  ganhou o concurso H-INNOVA INNOVAtion Award 2nd Edition

A plataforma "Musiquence" (Music + Sequence) ganhou o concurso H-INNOVA INNOVAtion Award 2nd Edition (Doctorates and researcher’s category). Esta plataforma inovadora permite a personalização de atividades de estimulação cognitiva que se baseiam na utilização de música e reminiscência e se destina à população com demência. Esta abordagem complementar não farmacológica, contribui para ganhos no funcionamento cognitivo, humor (mitigação da sintomatologia ansiosa e depressiva) e qualidade de vida. Atualmente, a plataforma dispõe de 5 atividades para fins de estimulação cognitiva: uma atividade quiz, uma atividade de pesquisa visual, uma atividade de categorização, uma atividade de vida diária e uma atividade de pintura criativa. Os profissionais de saúde/cuidadores podem personalizar as atividades de estimulação cognitiva de as necessidades e preferências das pessoas com demência, capitalizando os efeitos positivos da música e da reminiscência. Além disso, conforme a doença progride, é essencial utilizar tecnologia que corresponda à user experience do paciente para assegurar os efeitos terapêuticos da plataforma. Assim, a plataforma é compatível com diversas tecnologias como o Leap Motion, a Microsoft Kinect, a realidade aumentada, o tablet e as mesas interativas.

Este projeto foi desenvolvido no âmbito de um doutoramento realizado na Universidade Nova de Lisboa em colaboração com o NeuroRehab Lab, pertencente à Universidade da Madeira. O desenvolvimento deste trabalho foi apoiado através de uma bolsa de doutoramento da ARDITI no quadro do programa M1420-09-5369-FSE-000001, e pelo projeto Larsys UID / EEA / 50009/2019 desenvolvido no centro de investigação multidisciplinar NOVA-LINCS. A equipa que participou no projeto foi composta pelos seguintes investigadores: Luís Ferreira, Mónica Spínola, Sofia Cavaco e Sergi Bermúdez i Badia. O projeto contou ainda com o apoio de profissionais de saúde e de instituições como a Associação Alzheimer Portugal delegação da Madeira, a Casa de Saúde Câmara Pestana, a Casa São João de Deus, o Lugar de Memória e o Centro Social e Paroquial de São Bento, bem como dos pacientes com quem tivemos o gosto de trabalhar.

O prémio é uma manifestação contra o estigma em torno de doenças neurodegenerativas como a demência. É um lembrete de que as pessoas com demência merecem ser tratadas com dignidade e ser reconhecidas pela sua personalidade e autodeterminação, independentemente da sua condição física e psicológica. Os autores deste trabalho esperam que o Musiquence abra novos caminhos na intervenção cognitiva na demência, complementando as respostas farmacológicas e não farmacológicas existentes.

Subscreva a newsletter

Por favor habilite seu javascript para enviar este formulário

Links úteis

Pesquisa

Copyright © 2021 ARDITI