Newsletters

ARDITI: Newsletter nº 40

ARDITI: Newsletter nº 40

Newsletter

Agosto, 2021

 

  

‍Uma equipa de investigação do Interactive Technologies Institute está a fazer um estudo sobre as motivações das pessoas para seguirem recomendações em plataformas digitais (média, compras online e redes sociais). Pode contribuir para este estudo respondendo ao questionário aqui.

Publicações


Leveraging Transmedia storytelling to engage tourists in the understanding of the destination’s local heritage, publicado na revista Multimedia Tools and Applications Journal, com co-autoria de Mara Dionísio e Valentina Nisi.

Niche and neutral assembly mechanisms contribute to latitudinal diversity gradients in reef fishes, publicado na revista Journal of Biogeography com co-autoria de Cláudia Ribeiro e Pedro Neves.

Analysis of Big Game Fishing Catches of Blue Marlin (Makaira nigricans) in the Madeira Archipelago (Eastern Atlantic) and Factors that Affect Its Presence, publicado na revista Sustainability, com co-autoria de Roi Martinez-Escauriaza, Lídia Gouveia, Nuno Gouveia, Margarida Hermida e Mafalda Freitas.

Functional or Vestigial? The Genomics of the Pineal Gland in Xenarthra, publicado na revista Journal of Molecular Evolution, com co-autoria de Filipe Alves.

Composing by Hacking: Technology Appropriation as a Pedagogical Tool for Electronic Music, publicado no livro Teaching Electronic Music (Routledge), com co-autoria de Raul Masu.

Co-organising hackathons with students: opportunities and best practices, publicado no Compass: Journal of Learning and Teaching, da autoria de Nuno Correia

Workshops e outros eventos


Vários investigadores do ITI participaram no congresso INTERACT 2021, uma conferência internacional na área da interação humano-computador, que decorreu em Bari entre 30 de agosto e 3 de setembro. Mais informações sobre os trabalhos apresentados neste congresso podem ser lidas aqui.



 

Nuno N. Correia co-organizou o workshop AI, Emergent Technologies and Creative Practices no Tartu Film Festival- TARTUFF, que decorreu na Estónia no dia 05 de agosto.

Trabalhos de campo


‍Andreia Braga-Henriques participou na expedição Chereef 2021 - Campagne océanographique) com o HROV Ariane (2500 m). Durante o mês de agosto, cientistas do Ifremer - Instituto Francês de Investigação para a Exploração do Mar - estudaram os recifes de corais profundos num canhão submarino do Golfo da Biscaia. Para tal, utilizaram um veículo subaquático remoto de nova geração. Também foi usado um AUV IDEFx para o mapeamento de habitats/cartografia. Pode ver registos da expedição aqui.


O grupo de Ecologia Insular de Cetáceos do MARE - Madeira marcou mais uma baleia-piloto (Globicephala macrorhynchus) com um identificador de satélite. Os movimentos deste cetáceo, bem como de outros anteriormente marcados, podem ser seguidos aqui.

 

O mesmo grupo de investigação numa das saídas de mar avistou cachalotes nas águas da Madeira, dos quais recolheu amostras biológicas, e imagens em vídeo. Pode ver o vídeo aqui.

Imagem: Grupo de Ecologia Insular de Cetáceos


Foto: Azores delphis project

O investigador Marc Fernandez esteve nos Açores a colaborar com uma equipa de investigação que se dedica ao estudo de cetáceos naquele arquipélago. O Marc foi o fundador da MONICET, uma plataforma que agrega os registos feitos pelas empresas de observação de cetáceos na sua atividade diária.


O Observatório Oceânico da Madeira (OOM) realizou mais uma campanha oceanográfica, que intitulou de CO2MADEIRA21, entre os dias 13 e 23 de Agosto de 2021, na zona da Calheta. O principal objetivo desta campanha foi estudar os processos de interação entre a atmosfera e a superfície do oceano, que promovem o transporte de CO2 (dióxido de carbono). A campanha contou com a colaboração de dois professores da Universidad de Las Palmas de Gran Canaria e com a Escola de Formação Náutica de Recreio Radarvirtual.


Foram colocados no mar, na zona da Ponta de São Lourenço, equipamentos científicos para medição de vários parâmetros, incluindo correntes, temperatura e pressão, dos 100 m de profundidade até à superfície. Esta tarefas fizeram parte do plano de trabalhos da tese de doutoramento de Jesus Reis, que está a ser desenvolvida no OOM, e que visa estudar a dinâmica costeira à volta da ilha da Madeira. Esta operação foi realizada com a colaboração dos Portos da Madeira (APRAM) e da tripulação do rebocador “Boqueirão”.

Ações de divulgação


Durante o mês de agosto realizaram-se várias ações do programa Ciência Viva no Verão:

-Descobrindo a ciência nas tradições culturais, no Parque Temático da Madeira, orientada por Teresa Lopes.

-A luz e os ouriços do mar, no laboratório do MARE-Madeira na Quinta do Lorde, dinamizada por Bruna Bernardino, Soledad Álvarez e Sónia Costa.

-Morcegos do Parque Ecológico do Funchal, no Parque Ecológico do Funchal, dinamizada por Ricardo Rocha.

 

 

Nos MÉdia


Várias ações da Ciência Viva no Verão promovidas pela ARDITI na RAM foram notícia no telejornal da RTP Madeira: 

Observatório Oceânico da Madeira vai ter instalações na frente mar do Funchal, na zona da Ponta de S. Lázaro. O espaço foi cedido pela APRAM e as obras de requalificação estão a cargo da Secretaria Regional dos Equipamentos e Infraestruturas. Este assunto foi notícia no Funchal Notícias.

brevemente


Vai decorrer no dia 30 de setembro um webinar do Aquainvert Project, desta vez sobre reprodução, primeiros estágios e ciclo de vida de várias espécies de invertebrados com interesse para produção em aquacultura.

Programa disponível aqui e inscrições aqui.

Subscreva a newsletter

Pesquisa

Copyright © 2022 ARDITI