Apresentação Projetos Capstone

2239No próximo dia 18 de Dezembro são apresentados, a partir das 14h30 na Reitoria da Universidade da Madeira, os Projetos Capstone do Madeira Interactive Technologies Institute.

Durante toda a tarde serão apresentados diversos projetos inovadores desenvolvidos por investigadores das mais variadas nacionalidades que trabalham no M-ITI.

 

A entrada é livre a todos os que queiram assistir às apresentações.

Consulte aqui a agenda completa.

ISOPlexis/Germobanco integra rede International Network for Edible Aroids

DSC08150ISOPlexis/Germobanco participa em projeto europeu
Adaptando as culturas às novas condições climáticas e de mercado.

O BG ISOPlexis/Germobanco integra a rede International Network for Edible Aroids (INEA), que engloba instituições de 19 países e realiza o projeto europeu EU Aid Taro, DCI-Food/2009/45 "Adapting propagated crops to climatic and commercial changes".

Esta rede visa a cooperação no domínio da troca de recursos genéticos, biotecnologias e informação sobre a cultura do inhame. No âmbito do projecto a rede procura construir um modelo e desenvolver metodologias que permitam a adaptação desta espécie às alterações climáticas e de mercado, e que possam ser extrapoladas e transferidas para outras culturas tropicais tuberosas ou de propagação vegetativa. O inhame é a nona cultura mais praticada a nível mundial, sendo uma fonte de alimento e rendimento muito importante na África e na Asia. A planta apresenta necessidades hídricas elevadas, durante o seu desenvolvimento, e a sua produção está especialmente ameaçada pelas alterações climáticas em curso, que prevêem uma redução acentuada da disponibilidade de recursos hídricos.

No âmbito do projecto, o BG ISOPlexis, coordena o Work Package 5 (WP5), uma das tarefas chave, que visa a criação de um modelo de stress hídrico para a cultura, o rastreio dos seus recursos genéticos em relação à tolerância à seca e o desenvolvimento de metodologias que permitam a avaliação dos recursos genéticos pelos diferentes parceiros. Ensaios agronómicos piloto e completos (full) têm sido realizados, com a colaboração da DRADR, Centro de Horticultura e do Microlab (multiplicação de germoplasma enviado pelo SPC (Secretariat of the Pacific Community). Uma avaliação e classificação compreensiva de 35 cultivares inhame quanto à sua tolerância ou susceptilibade à seca foi realizada. Entre estas cultivares, incluem-se 15 de elite fornecidas pelo SCP, Fiji, 18 cultivares da Macaronésia (10 da Madeira, 6 das Canárias e 2 dos Açores) e 1 de
Chipre, e envolvendo mais de 600 plantas.

A análise preliminar dos resultados permitiu detectar diferenças significativas na capacidade de tolerar défice de irrigação nas cultivares estudadas. O material seleccionado será utilizado em programas de melhoramento da cultura em relação à seca e estão ser identificados os caracteres e marcadores funcionais que permitam essa selecção e melhoramento assistido. A equipa de investigação envolve 4 elementos do BG ISOPlexis supervisionada pelo estudante de doutoramento Filipe Ganança.

Saiba mais sobre o ISOPlexis/Germobanco e sobre este projeto aqui. 

Demonstração Pública de Robôs Subaquáticos Autónomos

IMG 8812​​​No próximo dia 14, pelas 15h00, tem lugar no Porto do Funchal, a Demonstração Pública dos Robôs Subaquáticos Autónomos que têm como missão a recolha de dados sobre os fundos marinhos que acontece no âmbito do Projeto DAMP.

Este projeto visa testar tecnologias subaquáticas (autónomas) idealizadas e construídas em Portugal, em ambientes portuários e costeiros.

Além de executar missões pré-planeadas serão executadas missões oportunistas com o potencial de aprumar estas tecnologias para aplicações futuras. Um contato in loco com os 'criadores' da tecnologia permite uma optimização da mesma para aplicações personalizadas. A utilização de tecnologias subaquáticas permite superar as limitações humanas na recolha de dados em profundidade.

Na demonstração a assistência poderá aceder a informação sobre várias missões pre-planeadas assim como missões oportunistas no sentido de, por exemplo, melhor caracterizar os fundos marinhos (batimetria) dentro dos Portos assim como permitir monitorar a sua evolução. Está a ser executada uma missão de detenção de objetos perdidos fora do porto do Funchal, nomeadamente de uma âncora (Ferro) perdido a ~40m. Serão executados levantamentos de dados ambientais nomeadamente, temperaturas e salinidade com o objetivo de melhor caracterizar a dinâmica oceanográfica costeira.

Esta é uma iniciativa multi-institucional e multi-disciplinar com o objetivo de testar e ensaiar veículos robóticos subaquáticos (autónomos) em ambientes portuários e costeiros. O projeto conta com a coordenação local do CIIMAR-Madeira em colaboração com a APRAM e com a participação do Laboratório de Sistemas e Tecnologias Subaquáticas (LSTS) da Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto assim como da Marinha Portuguesa.

Este projeto foi parcialmente financiado pela Agencia de Investigação das Canárias (Id. 2010/0062) atribuído à Divisão de Robótica e Oceanografia Computacional do Instituto de Investigação SIANI, da Universidade de Las Palmas de Gran Canária.

A demonstração é aberta ao público em geral e é uma boa oportunidade para testemunhar de perto o que podem fazer estes robôs. 

 

João Coimbra apresenta Associação Oceano XXI

180px-Madère Cap GiraoNo próximo dia 6 de Novembro, pelas 17h00, o Professor João Coimbra - Professor Emérito da Universidade do Porto - apresenta a Associação Oceano XXI. Fundada em 2009, esta associação reune mais de 60 membros de diferentes setores da Economia do Mar, entre empresas públicas e privadas, instituições de ensino superior, centros de I&D, comunidades intermunicipais entre outros.

Assume como principal missão a de dinamizar o Cluster do Conhecimento e da Economia do Mar Português através de um conjunto de ações de apoio à cooperação entre os atores, ao desenvolvimento da inovação, à internacionalização das empresas, ao valor das diferentes fileiras da Economia o Mar, em condições de sustentabilidade.

Devido ao seu trabalho, a nível nacional e internacional, a Oceano XXI é considerada uma Associação de Utilizade Pública pelo Estado português e foi já reconhecida com a Excelência da Bronze Label, atribuida pela European Cluster Excellence Initiative.

A participação nesta palestra é livre bastando uma confirmação para o 291 721 220 ou para o email Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

Apresentação Pública OOM


madeira-marNo próximo dia 5 de Novembro é apresentado, pelas 11h00 no Madeira Tecnopolo, o Observatório Oceânico da Madeira (OOM). 

A Agenda da Apresentação prevê uma abertura e enquadramento por Nuno Jardim Nunes, uma apresentação dos projetos e atividades do OOM por Rui Caldeira, uma apresentação de João Coimbra, Professor Emérito da Universidade do Porto e um encerramento pelo Vice-Presidente do Governo Regional da Madeira, João Cunha e Silva.

O OOM pretende constituir-se como um pólo de excelência dedicado à investigação e monitorização permanente do oceano. Esta iniciativa agrega uma comunidade científica multidisciplinar, juntando várias entidades no sentido de promover a cooperação e rentabilizar recursos.

A consolidação de dados históricos, observações e previsões numa plataforma comum, vai permitir à Região Autónoma da Madeira (RAM) dar uma resposta mais eficaz às exigências de avaliação e gestão dos recursos marinhos, capacitando a RAM com meios adequados ao desenvolvimento sustentável.

A apresentação é aberta ao público e para assistir basta confirmar presença para o email Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar. ou para o telefone 291 721 220.