Jornada sobre Transferência Tecnológica e Financiamento I+D+i para empresas

SmartBlue2

 

No âmbito do projeto SmartBlue co-financiado pelo programa MAC 2014-2020, a Agência Regional para o Desenvolvimento da Investigação, Tecnologia e Inovação (ARDITI) e a Associação Comercial e Industrial do Funchal / Câmara de Comércio e Indústria da Madeira (ACIF-CCIM) promovem nos dias 26 e 27 de outubro de 2017 a Jornada sobre Transferência Tecnológica e Financiamento I+D+i.
O projeto SmartBlue, cujo chefe de fila é o Cluster Marítimo de Canárias e que conta como parceiros, para além da ARDITI e da ACIF-CCIM, com a Plataforma Oceánica de Canarias, o Centro Tecnológico de Ciencias Marinas (Canárias), o Fundo Regional para a Ciência e a Tecnologia (Açores), a Câmara do Comércio e Indústria dos Açores e o Núcleo Operacional para o Cluster do Mar (Cabo Verde), tem como objetivo principal potenciar as empresas marinho-marítimas do espaço de cooperação Madeira Açores Canárias mediante a criação de uma rede inter-regional  de clusters e agentes marinho-marítimos que promovam processos de inovação e internacionalização, aproveitando sinergias, capacidades e recursos das regiões envolvidas.

A Jornada sobre Transferência Tecnológica e Financiamento I+D+i surge integrada na atividade de sensibilização e assessoria em inovação para empresas.

A decorrer durante dois dias completos, a Jornada está organizada como um curso com uma componente teórica e uma componente prática.

Dia 1 (26 de outubro):
•    Programas nacionais e europeus de Financiamento I+D+i para PME (com ênfase no Programa Europeu Horizonte 2020);
•    Estratégias de participação de empresas em projetos vencedores.
Dia 2 (27 de outubro):
•    Elaboração de proposta ao Instrumento PME do Horizonte 2020, incluindo exercícios práticos e simulações.

A jornada realiza-se nas instalações ACIF-CCIM com sessões a decorrer das 09h30 às 12h30 e das 14h00 às 17h00.
Embora a participação seja gratuita, o número de participantes é limitado, por forma a tornar eficiente a componente prática.
Inscrições e informações através de e-mail para Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar..

SmartBlue1


Formadora:
"Ana Sofia Caires Sousa Branco é uma consultora internacional de Inovação e Especialista em Transferência de Tecnologia há mais de 18 anos, com uma larga experiência em Espanha e Portugal na assistência às empresas na transferência de produtos inovadores para o mercado.
Desde 2003, tem sido selecionada continuamente como avaliadora de propostas de projetos para a Comissão Europeia e no ultimo ano, foi a presidente do painel de peritos nomeado pela Comissão Europeia para realizar a revisão da FCH 2 JU. Ana Caires é Engenheira Física Tecnológica e tem estudos complementares na área de "Gestão de Inovação Tecnológica" e sobre a União Europeia. Realizou em Portugal (nomeadamente na Madeira) e em Espanha distintas jornadas de informação e formação na área da Inovação.

Alargamento de prazo de concursos para bolsas para o projeto CQM+

Projecto do Observatório Oceânico da Madeira (OOM-ARDITI) financiado em 6M€ pelo Horizonte 2020 garante 400 mil Euros para a Madeira

A Comissão Europeia através do programa Horizonte 2020 acaba de aprovar um projeto de cerca de 6 milhões de euros em que o Observatório Oceânico da Madeira (OOM), unidade de investigação da ARDITI, é um dos 15 parceiros do consórcio Europeu ganhador que inclui ainda representantes da Alemanha, Noruega, Itália, Alemanha e China (com financiamento próprio).

O projecto designado por  “GoJelly - A gelatinous solution to plastic pollution” é liderado em Portugal por investigadores do OOM-ARDITI que trabalham nas áreas de aquacultura e ecologia. O objetivo principal deste projeto é desenvolver, testar e promover uma solução gelatinosa que será processada através de matéria prima proveniente de medusas (jellyfish) para servir de filtro à poluição de microplásticos. Neste contexto, esta equipa internacional e multidisciplinar propõe-se a atingir dois objectivos de uma só vez, removendo (e limpando) do oceano microplásticos que são já considerados uma ameaça global, aproveitando a matéria prima das medusas, muitas delas espécies invasoras e autênticas pragas nos oceanos.

João Canning Clode e Carlos Andrade, ambos investigadores doutorados do OOM-ARDITI, terão a responsabilidade de liderar uma das tarefas técnicas do projecto.

Para além de mais um importante investimento de cerca de 400 mil euros que é atraído para a região, o projecto GoJelly representa a primeira participação da Madeira na área da Economia Azul do Horizonte 2020. Este projecto reforçará o orçamento do OOM e da ARDITI que têm contribuído para melhorar a posição relativa da Madeira em termos de investigação e desenvolvimento tecnológico. Actualmente o orçamento da ARDITI de projectos já ultrapassa os 4 M€ / ano, quando antes da sua criação era de pouco mais de 300 mil euros.

Sessões de Informação HORIZONTE 2020

O Gabinete de Promoção do Programa Quadro de I&DT (GPPQ) organiza, em parceria com a Agência Regional para o Desenvolvimento da Investigação, Tecnologia e Inovação (ARDITI), o Madeira Interactive Technologies Institute (M-ITI), a Universidade da Madeira (UMa) e a Enterprise Europe Network (EEN), duas Sessões de Informação do HORIZONTE 2020 centradas nas  oportunidades de financiamento de I&I para 2018 - 2020 e um Workshop dedicado à Preparação de Propostas em colaboração.

Os três eventos decorrerão nos próximos dias 10 e 11 de julho, na Sala Ursa Menor (piso -1) do Madeira Tecnopolo, no Funchal.


A sessão Oportunidades, desafios e perspetivas de financiamento para 2018 - 2020 no H2020, que decorre no dia 10 de julho, está estruturada em 2 subsessões (manhã/tarde):

  • Sessão da manhã: enfoque no Pilar I (Ações Marie Sklodowska-Curie (MSCA), European Research Council (ERC), Twinning, Sociedades Inclusivas (DS6), Ciência com e para a Sociedade (SWAFs) – (ver agenda);
  • Sessão da tarde: enfoque nos Desafios Societais (Bioeconomia, Energia, Transportes) e nas Tecnologias de Informação e Comunicação (ICT) – (ver agenda).


No dia 11 de julho é organizado um workshop de preparação de propostas em colaboração, com o objetivo de aumentar o sucesso da participação portuguesa nos concursos do H2020 – Agenda-workshop.
Como o workshop envolve uma componente teórica e uma parte prática, o número máximo de participantes está limitado a 25 pessoas, sendo dada preferência a quem já esteja envolvido na preparação de propostas aos próximos concursos do H2020.

A participação nos eventos é gratuita mas a inscrição é obrigatória através do preenchimento de um Formulário de Registo, disponível nas páginas dos eventos:

Não perca esta oportunidade para conhecer antecipadamente as oportunidades de financiamento no último período do H2020 e quais os aspetos que deverá ter em atenção para aumentar a competitividade das suas propostas. Participe!

SIFIDE-RAM

O SIFIDE-RAM – Sistema de Incentivos Fiscais em Investigação e Desenvolvimento Empresarial na Região Autónoma da Madeira visa aumentar a competitividade das empresas, apoiando o seu esforço em Investigação e Desenvolvimento através da dedução à coleta do IRC das respetivas despesas.

O SIFIDE foi criado em 1997 como medida de estímulo à participação do setor empresarial no esforço global de I&D. O SIFIDE-RAM foi estabelecido em 2016, e vigorará entre os períodos de tributação de 2016 a 2020.

Regulamentação

Documentos

Para apresentação de candidaturas deverá ser utilizada a plataforma do SIFIDE (nacional).