Criado o Observatório Oceânico da Madeira

ligado .

Logotipo OOMA ARDITI promoveu no passado dia 24 de Julho de 2014 a criação de uma unidade interna designada como OOM - Observatório Oceânico da Madeira, no sentido de promover a Investigação, Desenvolvimento e Inovação na área dos Recursos e Tecnologias do Mar.

Numa primeira fase, são signatários do OOM investigadores de várias instituições públicas e privadas com interesse e/ou atividades na area das Ciências e Tecnologias do Mar.

O Observatório Oceânico da Madeira visa o desenvolvimento de uma infraestrutura científica de monitorização permanente do oceano, incluindo dados biogeoquímicos e tecnologias de observação oceano-meteorológicas acopladas a modelos de previsão. A consolidação de dados históricos, observações e previsões numa plataforma comum vai permitir à Região Autónoma da Madeira (RAM) dar resposta mais eficaz às exigências atuais e futuras de avaliação e gestão dos recursos marinhos, capacitando a RAM com meios adequados ao desenvolvimento de estudos avançados, monitorização dos impactos induzidos pelas alterações climáticas e previsão marítima, à escala das ilhas. Assim, a Região vai poder beneficiar da informação, serviços e produtos proporcionados pelo OOM, estimulando atividades económicas de elevado valor acrescentado, designadamente no domínio do aproveitamento dos recursos biomarítimos e das energias renováveis, bem como no desenvolvimento do conhecimento científico em colaboração com investigadores e centros internacionais de referência, particularmente no âmbito da exploração geológica e mineral dos fundos marinhos, no transporte e segurança marítima, no turismo, no desporto náutico, nas pescas, e na resposta a eventos de poluição e/ou catástrofes naturais (ex. tsunamis).

Para mais informações visite a página do OOM: http://oom.arditi.pt