Bookmaker Bet365.com Bonus The best odds.

Full premium theme for CMS

Observatório Oceânico da Madeira (OOM/ARDITI) organiza evento de robótica submarina educativa

Блогът Web EKM Blog очаквайте скоро..

Vai realizar-se no próximo dia 02 de junho, entre as 9:30 e as 12:00, no Complexo de Piscinas Olímpicas do Funchal, o EDUROVs Madeira 2017, um encontro de robótica submarina educativa organizado pelo Observatório Oceânico da Madeira (OOM) com a participação de alunos de escolas da RAM.
Ao longo do presente ano letivo, alunos de oito escolas da Madeira (Escola Básica do 2º e 3º Ciclos de Santo António, Escola Básica do 2º e 3º Ciclos da Torre, Escola Básica e Secundária D. Lucinda Andrade, Escola Básica e Secundária Dr. Ângelo Augusto da Silva, Escola Básica e Secundária da Calheta, Escola Básica e Secundária de Machico, Escola Básica e Secundária de Santa Cruz e Instituto de Qualificação da Madeira) construíram um pequeno robô subaquático (ROV - do inglês, Remotely Operated Vehicle) com recurso a um kit fornecido pelo OOM. Dez ROVs serão agora apresentados e testados neste evento final, servindo esta iniciativa não só para apresentar os robôs contruídos mas também para alunos e professores partilharem as suas experiências sobre o trabalho desenvolvido.

Um ROV é um veículo subaquático, controlado remotamente, que permite o estudo e a exploração do fundo do mar e de estruturas submersas A utilização deste tipo de tecnologia é variada, sendo usada tanto na investigação científica, como em operações militares e de segurança, nas comunicações submarinas e em diversas atividade industriais, principalmente na exploração petrolífera. Os ROVs utilizados no estudo do oceano potenciam a recolha de imagens e de diversos tipos de amostras (geológicas, biológicas, arqueológicas) por poderem ser equipados com câmaras de vídeo, luzes e braços articulados, entre outros acessórios.

A ideia central do projeto EDUROVs é proporcionar aos alunos a possibilidade de construírem ROVs de pequena escala, simples e de baixo custo, mas funcionais. Pretendeu-se motivar os alunos para as ciências marinhas e despertar o interesse pelas tecnologias de estudo e exploração do oceano.
A implementação do EDUROVs na Madeira resultou de uma colaboração entre o OOM e a Plataforma Oceânica das Canárias (PLOCAN), instituição que já implementa esta iniciativa há 5 anos.